Image and video hosting by TinyPic

ATENÇÃO!

Este Site não visa fins lucrativos nem tem como objetivo reproduzir as obras.Nosso único objetivo é divulgar o trabalho dos cantores e fazer com que você avalie o arquivo antes de adquiri-lo.Se você gostou deste cd, procure uma revendedora mais próxima de sua casa e COMPRE Original, não incentive e nem faça pirataria, jamais compre arquivo PIRATA.OBS: Srºs Cantores se algo contigo neste site lhe causa algum dano ou prejuizo nos comunique para que possamos retirá-lo imediatamente de nosso site. O Portal Visão News gospel, Nao Se Responsabiliza Pelos Links Aqui expostos!

IMAGENS


A maioria das fotos deste blog foi retirada do Google Imagens.

REPRODUÇÃO DE TEXTOS

A cópia integral ou em parte de textos deste blog é livre, desde que seja dado o crédito com link para cá. O FairShare rastreia todas as reproduções.

* Não nos responsabilizamos pelo mal uso do conteúdo encontrado no Site e também por qualquer dano ou prejuízo causado por algo postado aqui.

* Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que ira utilizá-los.

Dadalto negocia venda das lojas D&D Home Center


O dinheiro, cerca de R$ 8 milhões, será usado para pagar credores. Plano de recuperação judicial foi aprovado terça-feira

Foto: Divulgação | Arquivo

Dadalto negocia venda das lojas D & DO Grupo Dadalto, um dos principais varejistas do Espírito Santo, negocia a venda das duas lojas que ainda possui da D&D Home Center, de materiais de construção, para pagar credores, como parte do plano de recuperação judicial aprovado na terça-feira em assembleia de credores. As informações são do jornal Valor Econômico.
Após a venda, o grupo ficará apenas com as 17 lojas de departamento Dadalto, especializada em produtos de cama, mesa e banho, itens esportivos e de lazer, áudio e vídeo. O grupo chegou a ter quase 70 lojas no país.
Eric Pestre, sócio do escritório Sérgio Bermudes Advogados, que assessora a companhia, informou que o Grupo Dadalto negocia a venda dos dois imóveis com concorrentes. As principais empresas do setor são Leroy Merlin, C&C, Telha Norte e Construdecor (com as bandeiras Dicico e Sodimac).
A Leroy Merlin, a C&C e a Construdecor negaram qualquer negociação com a Dadalto. A Saint-Gobain Distribuição Brasil, gestora das bandeiras Telhanorte, Pro Telhanorte e Telhanorte Conceito, informou em comunicado que não confirma a negociação.
"Existe também a possibilidade de o Grupo Dadalto vender alguns imóveis e antecipar o pagamento de parcelas, ou usar imóveis como garantia de empréstimo para pagar dívidas, mas essa hipótese é menos provável", afirmou Pestre. De acordo com ele, "existem interessados nas lojas da D&D Home Center e o grupo deve vender as unidades para um concorrente".
As duas lojas têm valor de mercado de R$ 8 milhões, segundo a companhia. O valor obtido com a venda será usado para antecipar o pagamento de parte das dívidas.
A proposta aprovada pelos credores do Grupo Dadalto prevê a quitação das dívidas sem deságio e com correção monetária baseada na variação do IPCA desde a data de pedido de recuperação judicial. Os pagamentos começam em janeiro de 2017 e, dependendo do tipo de credor, podem levar 42 meses para ser concluídos.
Pestre diz que a dívida a ser paga está em cerca de R$ 100 milhões. O endividamento total da companhia é de aproximadamente R$ 300 milhões, mas parte do valor foi renegociado antes da recuperação judicial, pedida pela Dadalto em outubro de 2015.
A empresa foi fundada em 1937 por Antônio Dadalto, membro de uma das famílias mais tradicionais do Espírito Santo. A companhia realizou uma forte expansão entre 2011 e 2013, passando de 30 para 69 lojas no período. Também ampliou a operação para outros Estados, como Bahia e Minas Gerais.
Para financiar a expansão, o grupo fez empréstimos bancários, mas, com a escalada dos juros - a taxa básica Selic subiu de 8,27% em 2013 para 14,15% em 2015 - e a estagnação da economia a partir de 2014, a companhia teve dificuldades para manter a receita e honrar seus compromissos.
O grupo fez uma série de ajustes em 2014 e 2015, com fechamento de 34 lojas, venda de ativos e ajustes operacionais para reduzir custos. A companhia também fechou dois centros de distribuição e reduziu a equipe administrativa em 50%. Após essas medidas, o grupo ficou com 26 lojas da marca Dadalto e 9 D&D Home Center. Esses cortes geraram uma economia anual de R$ 25 milhões, segundo cálculo da companhia, mas a empresa ainda precisava de um aporte de R$ 20 milhões para formar novos estoques e ampliar vendas, garantindo dessa forma geração de caixa para se manter e pagar as dívidas.
Após o pedido de recuperação judicial, a companhia decidiu fechar mais 18 lojas, ficando com 17 lojas da Dadalto.
Por nota, o Grupo Dadalto informou que na "assembleia de credores no dia 13/09, o Plano de Recuperação Judicial da DLD (Dadalto e D&D) foi apresentado e aprovado com sucesso pelas diversas categorias de credores presentes" e que "a venda de ativos, entre eles a bandeira D&D, é uma possibilidade que compõe o plano como alternativa para acelerar o cumprimento do mesmo".

Fonte: Rádio CBN Vitória

Comentários












By Scraps Gospel ®

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também





Botão Bíblia 1

Postagens mais visitadas deste blog

Certificado de Batismo para download

Péricles ex-exaltasamba aceita Jesus e agora se torna um cristão.

Bíblia + HC Para DataShow – PowerPoint