Image and video hosting by TinyPic

ATENÇÃO!

Este Site não visa fins lucrativos nem tem como objetivo reproduzir as obras.Nosso único objetivo é divulgar o trabalho dos cantores e fazer com que você avalie o arquivo antes de adquiri-lo.Se você gostou deste cd, procure uma revendedora mais próxima de sua casa e COMPRE Original, não incentive e nem faça pirataria, jamais compre arquivo PIRATA.OBS: Srºs Cantores se algo contigo neste site lhe causa algum dano ou prejuizo nos comunique para que possamos retirá-lo imediatamente de nosso site. O Portal Visão News gospel, Nao Se Responsabiliza Pelos Links Aqui expostos!

IMAGENS


A maioria das fotos deste blog foi retirada do Google Imagens.

REPRODUÇÃO DE TEXTOS

A cópia integral ou em parte de textos deste blog é livre, desde que seja dado o crédito com link para cá. O FairShare rastreia todas as reproduções.

* Não nos responsabilizamos pelo mal uso do conteúdo encontrado no Site e também por qualquer dano ou prejuízo causado por algo postado aqui.

* Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que ira utilizá-los.

Centrais sindicais Força e UGT estudam fusão para superar CUT


Paulinho da Força, presidente da entidade; fusão poderá forjar nova central sindical

Duas das três maiores centrais do país, a Força Sindical e a UGT (União Geral dos Trabalhadores), discutem uma fusão para criar uma entidade que supere a CUT (Central Única dos Trabalhadores), ligada ao PT, em número de sindicatos e arrecadação.

As conversas sobre a junção, que não haviam prosperado em outros momentos, ganharam força depois que Michel Temer (PMDB) assumiu a Presidência da República interinamente.

A avaliação dos líderes sindicais é que o peemedebista precisa de uma sustentação sindical capaz de se contrapor às ações da CUT –que congrega 21% dos sindicatos do país e tem organizado mobilizações contra o governo do presidente interino.

Juntas, Força e UGT congregariam 27% dos sindicatos e sua arrecadação superaria em 50% a da CUT.

A fusão também é tida como instrumento de pressão para que o governo Temer não avance com uma proposta de reforma da Previdência que estabeleça idade mínima ou aumente o tempo de contribuição previdenciária.



Pesa ainda a favor da união o fato de que as centrais têm perfis complementares. A Força tem sua base de sindicatos na indústria; a UGT é formada pelos ligados ao serviço.

"Neste novo momento do país precisamos nos juntar", disse à Folha Ricardo Patah, presidente da UGT. De acordo com ele, a discussão sobre a fusão com a Força vem sendo bem recebida internamente.

O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, afirma ver a junção "com bons olhos", sob a perspectiva de mais poder de atuação e de pressão em prol das demandas trabalhistas.

Na próxima semana, Paulinho e Patah devem se reunir para avançar no acordo. A ideia, contudo, é não fazer nada a toque de caixa. Como as centrais têm estruturas grandes e há o receio de que dirigentes estaduais fiquem melindrados, ficou acertado que Força e UGT darão início a atividades conjuntas para entrar em sintonia.

ATRITOS À VISTA

Embora a fusão seja bem vista pelos dois dirigentes, nos bastidores sindical há a desconfiança de que Paulinho e Patah devem entrar em atrito pelo comando da nova entidade, e que dificilmente o presidente da Força abrirá mão de seu protagonismo.

Nesta semana, o presidente da UGT fez chegar a Temer sua insatisfação com o fato de o presidente da Força se apresentar como o organizador das reuniões dos sindicalistas no Palácio do Planalto.
Fonte-folha

Comentários












By Scraps Gospel ®

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também





Botão Bíblia 1

Postagens mais visitadas deste blog

Certificado de Batismo para download

Péricles ex-exaltasamba aceita Jesus e agora se torna um cristão.

Campanha de Myrian Rios "CONTRA SEXO ANAL" é FALSA.