Image and video hosting by TinyPic

ATENÇÃO!

Este Site não visa fins lucrativos nem tem como objetivo reproduzir as obras.Nosso único objetivo é divulgar o trabalho dos cantores e fazer com que você avalie o arquivo antes de adquiri-lo.Se você gostou deste cd, procure uma revendedora mais próxima de sua casa e COMPRE Original, não incentive e nem faça pirataria, jamais compre arquivo PIRATA.OBS: Srºs Cantores se algo contigo neste site lhe causa algum dano ou prejuizo nos comunique para que possamos retirá-lo imediatamente de nosso site. O Portal Visão News gospel, Nao Se Responsabiliza Pelos Links Aqui expostos!

IMAGENS


A maioria das fotos deste blog foi retirada do Google Imagens.

REPRODUÇÃO DE TEXTOS

A cópia integral ou em parte de textos deste blog é livre, desde que seja dado o crédito com link para cá. O FairShare rastreia todas as reproduções.

* Não nos responsabilizamos pelo mal uso do conteúdo encontrado no Site e também por qualquer dano ou prejuízo causado por algo postado aqui.

* Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que ira utilizá-los.

Cade analisa oferta da Nestlé para por fim a disputa por compra da Garoto


Cade vetou o negócio em 2004 e, desde então, caso está na Justiça. Nestlé fez proposta ao Cade para solucionar impasse

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) anunciou nesta sexta-feira (20) que vai reabrir negociações com a Nestlé para tratar da fusão da empresa com a Garoto.
Em 2004, o conselho vetou a compra da Garoto pela Nestlé, anunciada dois anos antes, sob o argumento de que prejudicava a concorrência no mercado doméstico de chocolates. Desde então, a Nestlé vem recorrendo à Justiça contra a decisão.
O Cade informou que recebeu da Nestlé Brasil uma “proposta de solução” para o impasse, em que “a empresa se compromete a assumir um conjunto de obrigações estruturais e comportamentais, incluindo preocupações sociais.” Entretanto, os termos da proposta da Nestlé são mantidos sob sigilo.
Com a retomada das negociações, Cade e Nestlé pediram a suspensão da ação judicial que discute o caso, em tramitação no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, “até decisão definitiva do conselho.”
“Tendo em vista o histórico de mais de 14 anos desse caso, o estágio do processo judicial e a existência de um novo marco legal do antitruste no Brasil, o Cade, após uma avaliação inicial fundamentada por pareceres técnicos, considerou pertinente analisar a referida proposta”, informou o conselho, em nota.
Mudanças no mercado
Para propor a retomada das negociações com o Cade, e tentar uma solução não judicial para a disputa, a Nestlé alega que as alterações ocorridas no mercado brasileiro de chocolates desde 2004, ano em que o conselho decidiu vetar a fusão, foram muito profundas. Por isso, diz a empresa, a decisão final da Justiça sobre o caso dificilmente teria “eficácia ou utilidade necessárias para atender ao interesse.”
O Cade, por sua vez, acatou o pedido da empresa e reabriu as negociações com base em um artigo de seu regimento interno que prevê que o conselho poderá reapreciar um veto seu a uma fusão, a pedido, desde que seja apresentado “fato ou documento novo” capaz de alterar a decisão.
O parágrafo único do artigo estabelece que, nestes casos, serão considerados somente fatos ou documentos “pré-existentes, dos quais as partes só vieram a ter conhecimento depois da data do julgamento, ou de que antes dela estavam impedidas de fazer uso, comprovadamente.”
Procurada pela reportagem do Gazeta Online, a empresa Nestlé lembrou que a compra da Garoto está sub-judice desde 2005 e que prefere não fazer comentários adicionais sobre o caso.
Nota completa:
A Nestlé Brasil apresentou ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) um pedido de avaliação propositiva para a solução da operação de aquisição da Chocolates Garoto, realizada em 2002. Considerando que a operação encontra-se sub-judice desde 2005, a Nestlé prefere não fazer comentários adicionais sobre o caso.
A Nestlé entende que com a evolução do marco legal do antitruste, mediante a entrada em vigor em 2012 da nova lei concorrencial, é natural que casos judicializados da lei anterior sejam resolvidos.
A empresa reitera seu respeito ao CADE, bem como à legislação concorrencial vigente no país. Desde a realização da aquisição, há 14 anos, a Nestlé sempre demonstrou disposição e empenho em encontrar uma solução para a questão antitruste decorrente da operação.
A Nestlé, presente no Brasil há 95 anos, reafirma seu compromisso com o crescimento e fortalecimento da Garoto, que possui uma história de 85 anos no Estado do Espírito Santo (ES). Desde 2002, a Nestlé tem investido consistentemente na ampliação e modernização de linhas de operação da fábrica, localizada em Vila Velha. Além disso, promoveu uma ampla renovação do portfólio da Garoto, aumentou os pontos de distribuição, resultando em maior exposição de suas marcas e fomentando o desenvolvimento dos seus parceiros comerciais. Atualmente, exporta seus produtos para mais de 40 países. Também tem se dedicado ativamente a acelerar a melhor capacitação de fornecedores locais de cacau, trabalhando em parceria com o Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural). Dentro do plano de investimento realizado, estão ainda incluídas atividades de marketing relevantes para o fortalecimento de suas marcas juntos aos consumidores.
Fonte: G1

Comentários












By Scraps Gospel ®

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também





Botão Bíblia 1

Postagens mais visitadas deste blog

Certificado de Batismo para download

Péricles ex-exaltasamba aceita Jesus e agora se torna um cristão.

Bíblia + HC Para DataShow – PowerPoint