Image and video hosting by TinyPic

ATENÇÃO!

Este Site não visa fins lucrativos nem tem como objetivo reproduzir as obras.Nosso único objetivo é divulgar o trabalho dos cantores e fazer com que você avalie o arquivo antes de adquiri-lo.Se você gostou deste cd, procure uma revendedora mais próxima de sua casa e COMPRE Original, não incentive e nem faça pirataria, jamais compre arquivo PIRATA.OBS: Srºs Cantores se algo contigo neste site lhe causa algum dano ou prejuizo nos comunique para que possamos retirá-lo imediatamente de nosso site. O Portal Visão News gospel, Nao Se Responsabiliza Pelos Links Aqui expostos!

IMAGENS


A maioria das fotos deste blog foi retirada do Google Imagens.

REPRODUÇÃO DE TEXTOS

A cópia integral ou em parte de textos deste blog é livre, desde que seja dado o crédito com link para cá. O FairShare rastreia todas as reproduções.

* Não nos responsabilizamos pelo mal uso do conteúdo encontrado no Site e também por qualquer dano ou prejuízo causado por algo postado aqui.

* Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que ira utilizá-los.

Os 7 estados brasileiros com maior violência contra mulher

Pesquisa conhecida como "Mapa da Violência" mostra estados do Brasil onde há maior número de homicídio de mulheres, entenda por que

  
 Espírito Santo

1. Espírito Santo

São Paulo – O Brasil é um dos países do mundo com a maior taxa de homicídios femininos, segundo o estudo Mapa da Violência, realizado pelo professor Julio Jacobo Waiselfisz, do Instituto Sangari. É o sétimo país com a maior taxa, para ser exato. Estamos atrás apenas de El Salvador,Trinidad e Tobago, Guatemala, Rússia, Colômbia e Belize.
Dentre os estados brasileiros, o Espírito Santo é aquele onde acontecem mais homicídios de mulheres. E os números impressionam: o estado supera duas vezes a média nacional.
São 9,4 homicídios em cada 100 mil mulheres, um número quase quatro vezes maior do que o do Piauí, estado que representa o menor índice do país.

2. Alagoas

No relatório realizado pelo professor Julio Jacobo Waiselfisz, do Instituto Sangari, alguns dados chamam atenção: no caso de homicídio de homens e mulheres, armas de fogo são as mais utilizadas. A segunda arma mais comum é o objeto cortante ou penetrante, mas eles são mais usados em mulheres (26%) do que em homens (15,5%).
No estado do Alagoas, o segundo mais violento para mulheres, a taxa é de 8,3 homicídios em cada 100 mil mulheres.

3. Paraná

Segundo o professor Waiselfisz, os estados com os piores números buscam justificar a violência. "Esses são os estados nos quais a vítima se torna culpada. Na verdade, a culpa é da segurança pública. É um absurdo, mas eu já vi secretários de segurança aconselhendo mulheres a 'não se vestir como prostitutas'", diz.
No Paraná, a taxa é de 6,3 homicídios em cada 100 mil mulheres.

4. Paraíba

Segundo o relatório, outra grande diferença entre os assassinatos de homens e mulheres está no local onde eles acontecem. Enquanto apenas 14,7% dos homens sofre de morte violenta em casa, 40% dos homicídios de mulheres acontecem no local onde elas moram.
Na Paraíba, os números também impressionam: são 6 homicídios em cada 100 mil mulheres.

5. Mato Grosso do Sul

Para o professor, "A tolerância do Estado acompanha e promove a violência contra a mulher". Ou seja, falta ação dos estados para que os números de homicídios contra mulheres e violência doméstica diminuam.
"Tem que ser feita a transição do privado para o público: acabar com a mentalidade de que o que acontece em casa é particular, que ninguém tem a ver com isso", completa Waiselfisz.
No estado do Mato Grosso do Sul, são 6 homicídios em cada 100 mil mulheres.

6. Pará

Para o professor Waiselfisz, o que explica a diferença entre os estados do Brasil é a questão da política pública: "Nos estados mais violentos, autoridades buscam explicar as mortes com questões simplistas, falam que foram assassinatos por questões de drogas, por exemplo".
No estado do Pará, sexto entre os mais violentos, são 6 homicídios em cada 100 mil mulheres.

7. Distrito Federal

Nem a capital do país escapou da lista das unidades federativas com maior número de assassinato de mulheres. O Distrito Federal tem 5,8 homicídios em cada 100 mil mulheres. Em seguida, o estado da Bahia aparece em oitavo lugar, com 5,6 homicídios em cada 100 mil mulheres.
Os maiores centros urbanos brasileiros, em contra partida, estão entre os menos violentos: o Rio de Janeiro está em 25º lugar dentre as 27 unidades federativas (3,2 homicídios em cada 100 mil mulheres) e São Paulo aparece em penúltimo lugar na lista (3,1 homicídios em cada 100 mil mulheres).
O estado brasileiro com a menor taxa é o Piauí, que tem 2,6 homicídios em cada 100 mil mulheres. "No Piauí, há um empenho e uma forte política de intolerância da violência", explica o professor.
"A maior parte dos casos de violência contra mulher vem de um parente dela. É uma questão 'cultural' que não pode ser tolerada", completa.

Comentários












By Scraps Gospel ®

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também



Postagens mais visitadas deste blog

Certificado de Batismo para download

CD Ministério Mashiah – Milagre Inesperado